Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bom dia Filipina

by Vanessa Bento

Bom dia Filipina

by Vanessa Bento

02
Out16

Beauty stuff - Depilação a laser Diodo

Vanessa Bento

depilacao-sem-manchas.jpg

 

Existem vários métodos de depilação, depilação com cera quente ou fria, depilação com lâmina, depilação com máquina, depilação a laser, luz pulsada e laser díodo. Penso que não me esteja a faltar nenhum.

Hoje venho falar da depilação a laser díodo. Afinal o que é o laser Díodo, como é que funciona?

 

Segundo a Depilemotion, o laser Díodo é um feixe de luz com um comprimento de onda maior, o que permite atingir o folículo piloso com mais precisão. 

Mas como é que este laser faz com que o pelo não cresça?

Sim laser díodo diz que a energia deste laser é absorvida pelo pelo e a transmite para as células germinativas responsáveis ​​pelo seu crescimento, destruindo-as permanentemente e impedindo, assim, que voltem a reproduzir-se. 

Posto isto, surge a questão: esta depilação é definitiva?

Na  nossa pele existem folículos ativos e inativos. A depilação com laser consegue fazer com que os folículos destruídos fiquem eliminados de forma permanente. Durante a sessão de depilação serão destruídos os que se encontrem em fase anágena, pelo que os folículos não ativos e os que não se encontrem nesta fase deverão aguardar até a sessão seguinte para serem destruídos.

Ao longo da vida podem existir diferentes fatores que, num determinado momento, ativem algum folículo que atualmente se encontra inativo (e, portanto, sem possibilidades de destruição). Dentro destes fatores, deve-se ter em conta a importância das alterações hormonais idiopáticas e das iatrogénicas, e dentro destas últimas no transsexualismo é necessário que se tenha presente a medicação substitutiva hormonal.

(Retirado do site: Centro Único)

Ou seja, poderá aparecer sempre um pelito ou outro que não estava ativo durante a depilação. Por este motivo, devemos manter sessões de manutenção mesmo depois de já não vermos pelos na zona depilada.

 

Quantas sessões são necessárias para se notar resultados?

O número de sessões necessárias vai depender da zona que se pretende depilar e do nosso pelo.

 

laser-vs-ipl.jpg

 (Retirado do site: Centro Único)

 

A minha experiência

Quando decidi fazer a depilação definitiva escolhi a luz pulsada, pois era a que havia no centro estético que frequentava e estavam a fazer uma promoção. Após um ano a fazer essa depilação e sem ver mudanças, decidi experimentar a depilação a laser díodo. Já me tinham falado muito bem deste laser e várias pessoas referiam bons resultados em poucas sessões, pelo que marquei a minha sessão na mesma zona do corpo que estava a fazer a luz pulsada. 

Na primeira sessão de depilação a laser díodo reparei logo numa diferença. A luz pulsada não nos dá nenhuma dor agoniante e impossível de aguentar mas o laser díodo consegue ser menos indolor, o que me agradou e decidi continuar com esta depilação.

Ao fim de 3 sessões já se notava uma boa diferença na quantidade de pelos que cresciam e na força que os que apareciam tinham. E aqui se nota a diferença da luz pulsada para o laser díodo, bastaram 3 sessões para ver diferença, enquanto na luz pulsada tive um ano a fazer todos os meses sem ver efeito algum.

Outro ponto a favor do laser díodo é que podemos fazer a depilação durante o verão, pois é um laser que funciona em peles morenas. Claro que no dia em que fazemos a depilação devemos evitar a exposição ao sol e devemos usar sempre protetor solar de fator superior ou igual a 30 quando vamos à praia. Mas, agora que já terminou o verão, posso dizer que não tive qualquer reação e que a depilação está a ter ótimos resultados.

 

P.s.: Continuo a ouvir o feedback de outras pessoas que fazem a depilação em zonas diferentes da minha e seja homem ou mulher todos dizem bem e estão felizes com os resultados.

 

4 comentários

Comentar post

Pesquisar

Sigam-me

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parceiros

Em destaque no SAPO Blogs
pub